O futebolista do Benfica Javi Garcia, a um cartão amarelo da suspensão, prometeu hoje “dar 100 por cento” na recepção ao Paços de Ferreira, na sexta-feira, na nona ronda da Liga portuguesa, uma semana antes da visita ao FC Porto.

“Não vou mentir. O jogo com o FC Porto é muito importante, mas agora o mais importante é o do Paços. Vou dar 100 por cento. Se tiver esse azar, de ver um cartão amarelo, nós temos um plantel de 27 jogadores e já demos provas de que estamos à altura em caso de alguma ausência”, disse o médio espanhol em entrevista à Benfica TV.

Autor do golo da vitória na última jornada, sobre o Portimonense (1-0), Javi Garcia reiterou o objectivo de voltar a sagrar-se campeão pelo Benfica, apesar do atraso pontual para o líder, FC Porto (sete pontos), até porque “ainda faltam muitos jogos e campeonato”.

“É importante continuar como estamos, a ganhar partidas. A equipa vai melhorando e ganhando confiança. Todos temos o mesmo objectivo de ser novamente campeões. Estamos em linha ascendente e vamos com toda a ‘gana’, no nosso estádio, para conseguir quinta vitória seguida”, continuou.

O Benfica ganhou as últimas quatro partidas do campeonato, sempre sem sofrer golos, além da goleada ao secundário Arouca (5-1), na primeira eliminatória da Taça de Portugal, embora tenha perdido os dois últimos compromissos da Liga dos Campeões.

“Já são bastantes partidas sem sofrer golos. A equipa está cada vez mais um bloco sólido e torna-se mais difícil para os adversários chegar à nossa baliza”, disse Garcia.

Sobre o facto de o Benfica jogar esta semana antes do rival FC Porto, Garcia admitiu ser mais benéfico.

“Se tivesse que escolher, jogaríamos sempre antes, para meter pressão ao FC Porto. Era bom conseguir os três pontos e depois ficar a quatro deles”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.