O treinador do Sporting de Braga, Jesualdo Ferreira, frisou hoje a importância dos jogos em casa no campeonato e quer começar a I Liga na "Pedreira" a vencer, segunda-feira, diante do Belenenses.
Os "arsenalistas" ganharam na primeira jornada em Felgueiras, casa emprestada do Paços de Ferreira (2-0), e depois de novo triunfo fora de portas, quinta-feira, na Roménia, na primeira mão do "play-off" da Liga Europa (1-0 ao Pandurii), o técnico quer começar a vencer em casa.
«Faço um apelo para que os nossos adeptos venham no maior número possível para podermos começar a deixar uma marca clara nos jogos em casa. São 15 jogos em casa no campeonato e é muito importante começar a vencer e criar laços entre a equipa e os adeptos», disse na antevisão ao Belenenses.
A equipa vai cumprir o terceiro jogo em dez dias (e cinco em 16 dias, juntando a segunda mão europeia e a terceira jornada da I Liga), e Jesualdo Ferreira espera que ela não se ressinta desse «esforço suplementar», ainda que admita que possa acontecer.
Por isso, o técnico vai fazer uma gestão do plantel e proceder a algumas alterações no "onze" já na segunda-feira.
Em dúvida para o encontro com os "azuis" do Restelo está o defesa direito Baiano que sofreu um "traumatismo violento numa coxa" frente ao Pandurii.
Já o regresso do avançado Éder, após prolongada lesão, «está para breve», revelou.
«Esta é a última fase da recuperação e é um momento difícil para o jogador porque há uma sensação de regresso depois de seis meses à espera de jogar, mas não queremos correr riscos. Não vai ser amanhã [segunda-feira], mas está para breve», reforçou.
O Belenenses, que regressou esta época à I Liga, teve uma péssima entrada no campeonato, perdendo em casa por 3-0 com o Rio Ave, mas o treinador bracarense está à espera de dificuldades.
«Não vamos ser enganados por esse resultado. As equipas estão ainda no princípio, ainda têm muito que andar. Este jogo não deixa de ser um clássico, já acontece há muitos anos», notou.
Disse ainda encarar com naturalidade o aproximar do final do mercado, a 31 de agosto, e as alterações que podem ainda acontecer no plantel, não querendo comentar a iminente contratação do avançado Hugo Vieira.
«Não, não fico ansioso, mal seria ao fim destes anos todos. O problema não é o mercado, é o negócio do futebol. A 31 de janeiro também se fecha uma janela [da reabertura do mercado], mas há outras que se mantêm abertas, como na Rússia, Turquia ou nas arábias, é uma coisa que não vai acabar nunca», notou.
A equipa ainda vai fazer um treino segunda-feira de manhã e só no final é que será divulgada a lista de convocados. O jogo começa às 20 horas de segunda-feira, no Estádio Municipal de Braga, e será arbitrado por Carlos Xistra, de Castelo Branco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.