Ainda na luta pelo segundo lugar da I Liga, o Benfica recebe este sábado o Sporting, que se sagrou campeão na última jornada. Na antevisão ao dérbi, Jorge Jesus destacou a evolução de Gonçalo Ramos, mas notou que "há outros fatores" que podem interferir no futuro dos jogadores mais jovens.

"Cada vez vejo mais potencial nele. É normal. Os anos vão passando e o jogador vai crescendo. Se estiver numa equipa com bons jogadores e que o façam evoluir, como é o caso, o Gonçalo está mais forte e tem mais conhecimento do jogo. Para o ano vai estar mais. Tem vindo a crescer tecnicamente e é um jogador no qual todos depositamos muita confiança no futuro. Não sei se imediato ou a curto prazo. Tem tudo para podermos acreditar na evolução dele. Mas há muitos fatores, muitas vezes os jovens não querem esperar muito. Há fatores económicos que podem interferir nas decisões deles. Às vezes têm possibilidades de ir ganhar cinco vezes mais fora. Mas acho que vai saber esperar o momento certo dele", afirmou.

O treinador dos 'encarnados' deixou ainda elogios a Julian Weigl, jogador cujo rendimento subiu com a chegada de Jesus à Luz.

"Não é só o Weigl que está diferente, todos os outros jogadores cresceram na segunda volta por vários motivos, houve mais tempo de aprendizagem, o momento também fez com que o jogador crescesse fisicamente, começasse a conhecer melhor as minhas ideias em termos de posicionamento e de jogo... [Weigl] Tem vindo a crescer de jogo para jogo, ele também sente isso, todos os que olham para ele veem que hoje é um jogador que evoluiu tecnicamente e em termos de agressividade do seu jogo. Isso trouxe estabilidade à equipa, independentemente de jogar com um ou dois jogadores ao lado. A equipa também cresceu com esse conhecimento do corredor central", observou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.