Jorge Jesus está, alegadamente, insatisfeito no Sporting e poderá deixar o clube ainda este verão.

Escreve o jornal OJogo, na sua edição desta terça-feira, 17 de maio, que o técnico está descontente com a planificação da próxima época e que a passividade do clube nas contratações não é do seu agrado.

Diz a mesma publicação que Jesus pondera mesmo deixar Alvalade devido as divergências com a SAD liderada por Bruno de Carvalho. Além da passividade no mercado de transferências, Jesus estará descontente com a estratégia de comunicação da estrutura leonina.

Sobre as vendas, Jesus só aceita perder um jogador, nesse caso Slimani, mas não espera as saídas de João Mário, Teo Gutiérrez e Naldo, jogadores que considera cruciais para atacar o título na próxima temporada. Os três atletas têm mercado e a SAD leonina está aberto a ouvir propostas.

Outro ponto da discórdia entre o técnico e a estrutura leonina prende-se com a estratégia de comunicação. O jornal OJogo avança que Jesus está descontente com o ruído provocado pelos canais oficiais do clube leonino e terá mesmo sugerido alguns nomes para a comunicação do clube mas as suas sugestões não terão sido levadas em conta.

No passado recente, o Sporting perdeu as corridas para as contratações de Danilo, Marega, José Sá e Suk para o FC Porto e Kostas Mitroglou e Franco Cervi para o Benfica.

Caso opte por sair, Jesus poderá ser obrigado a pagar 10 milhões de euros ao Sporting, verba que diz respeito aos salários que tem a receber até ao final do seu contrato.

Jesus tem sido apontado como próximo treinador do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.