"Não nos preocupa nada. Não há matéria para sermos penalizados em nada. Estamos totalmente tranquilos", afirmou hoje à Agência Lusa o presidente da SAD leiriense, João Bartolomeu.

A For Winner, do empresário Marcos Marinho, afirma deter os direitos de representação de Carlão, mas a União de Leiria recusa esse facto.
Hoje, o jornal "A Bola" noticia que a For Winner defende que a União de Leiria devia ter incluído o nome da empresa no contrato de trabalho do atleta, de acordo com o está estipulado pelos regulamentos da UEFA.

Em caso de incumprimento, está em causa uma indemnização de 200 mil euros, mas a sanção, sublinha o diário desportivo, pode ir até à perda de pontos ou mesmo implicar descida de divisão.

"A União de Leiria não entra em jogadas sujas", reagiu hoje João Bartolomeu, comentando a queixa apresentada pela For Winner.

Segundo o presidente dos leirienses: “[A empresa] nunca entrou em contacto com a SAD. A União de Leiria é um clube sério e transparente e não deve nada a esses senhores. Não os conheço, nunca os vi. Nem agora nem nunca. Estamos seguros quanto à situação de Carlão. Estamos totalmente tranquilos".
Carlão, de 23 anos, chegou no início de 2009 à União de Leiria, proveniente do S. Cristóvão, do Brasil.

O avançado foi determinante na carreira da equipa, que garantiu a subida da Liga de Honra para Liga principal, contribuindo com 11 golos. Esta temporada, Carlão marcou cinco golos pela União de Leiria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.