“Nem sempre ganha quem está melhor posicionado”, frisou João Carlos Pereira, na antevisão do jogo, acrescentando: “Estamos preparados para o início da competição. Vamos enfrentar um adversário forte, que foi a surpresa da temporada passada, mas vamos entrar concentrados no jogo e iremos estar à altura".

Para o técnico português, o Leixões é favorito, porque “o factor casa e a continuidade da linha de trabalho da equipa têm influência", mas garante que a sua equipa está disposta a contrariar essa tendência.

“O Leixões possui um ataque eficaz e é uma equipa consistente do ponto de vista defensivo, mas estamos concentrados e crentes de que podemos fazer um bom jogo. Temos um plano de jogo e vamos cumpri-lo”, referiu.

João Carlos Pereira afirmou que o "onze" titular que entrará em campo sexta-feira "não andará muito longe" daquilo que foi apresentado nos últimos jogos da pré-época, durante a qual observou "coisas boas e menos boas".

Tal como no início da pré-temporada, o treinador do Belenenses avisou que este será um ano difícil e que o principal objectivo é fazer "uma época com tranquilidade", que permita alcançar uma posição "acima dos lugares de despromoção".

"As pessoas que trabalham no clube têm noção das dificuldades, quer desportivas, quer financeiras, que iremos atravessar, mas preparo as minhas equipas para jogarem bem e não quero uma equipa para sofrer”, disse.

Quanto ao avançado brasileiro Jonatas, que esteve a treinar à experiência no clube, João Carlos Pereira confirmou que o jogador "não vai ficar no plantel", porque pretende "um jogador com outro tipo de características, mais móvel".

O Belenenses desloca-se sexta-feira a Matosinhos, para defrontar o Leixões, pelas 20:15, em jogo da primeira jornada da Liga portuguesa de futebol, com arbitragem do leiriense Olegário Benquerença.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.