O oficial do exército, de 42 anos, árbitro desde 1987/88, ajuizou esta época nove jogos na Liga e cinco na Liga de Honra, tendo exibido em média quatro cartões amarelos por encontro. O vermelho saiu do bolso seis vezes e em cinco delas mostrado directamente.

O encontro marcado para as 20:15 de domingo, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, é o terceiro jogo entre Sporting e FC Porto arbitrado por João Ferreira, que contabiliza sete “clássicos” do futebol português na sua carreira.

O “juiz” da associação de Setúbal volta a mediar um confronto entre estes dois “grandes” precisamente um ano depois de ter arbitrado o “nulo” de 28 de Fevereiro de 2009, no Dragão. Antes, esteve na vitória “leonina” de 21 de Março de 2005, em Alvalade (2-0).

Esta época, João Ferreira estreou-se na Liga na recepção do tetracampeão FC Porto ao Nacional, na segunda jornada, encontro em que mostrou quatro cartões amarelos, dois deles ao avançado Oliveira - que resultaram na única expulsão por acumulação da época deste árbitro - e um vermelho directo a Cléber.

Depois, o árbitro setubalense ajuizou, na terceira ronda, a vitória do Sporting de Braga frente ao Belenenses (3-1), quando mostrou apenas três amarelos.

Duas jornadas depois, João Ferreira arbitrou triunfo do Leixões, também por 3-1, sobre o Vitória de Guimarães, no jogo em que exibiu mais cartões, um vermelho directo, a Douglas, e 10 amarelos, precisamente o dobro dos que mostrou, à sétima jornada, na vitória do Benfica, por 3-1, no terreno do Paços de Ferreira.

À 11.ª jornada, o setubalense voltou a arbitrar os bracarenses na vitória caseira sobre a União de Leiria (2-0), com um saldo de dois amarelos, e, volvidas duas jornadas, esteve na vitória do Paços de Ferreira diante do Nacional (2-1), quando “amarelou” sete jogadores.

Já em Janeiro de 2010, João Ferreira apitou a goleada do Benfica ao Marítimo (5-0), quando mostrou dois cartões vermelhos directos aos "insulares" Olberdam e Robson e três amarelos.

Desde este encontro, o setubalense ainda não voltou a expulsar nenhum jogador, nos três jogos que arbitrou.

Na vitória do Sporting de Braga sobre o Sporting, na 17.ª jornada, mostrou sete amarelos, no encontro entre Feirense e Beira-Mar, para a Liga de Honra, exibiu três e na recepção da Naval 1.º de Maio ao Vitória de Guimarães apenas um.

Na Liga, João Ferreira mostrou 39 cartões amarelos, um vermelho por acumulação e quatro directos em nove encontros, enquanto nos seis da Liga de Honra, exibiu 26 cartões amarelos e apenas expulsou Bruno Sousa, do Trofense, à 15.ª jornada, na goleada imposta pelo Gil Vicente ao Trofense (4-0).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.