O futebolista João Gonçalves disse hoje que já não sentia condições para continuar a jogar por causa dos sucessivos problemas no joelho esquerdo, tendo colocado um fim à sua carreira aos 25 anos.
Em declarações ao sítio do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, o defesa direito explicou que a decisão de abandonar os relvados foi pensada durante os últimos meses com os médicos do Sporting e com a ajuda do departamento médico do Vitória de Guimarães, clube onde jogou por empréstimo na primeira metade da última temporada.
«Acabámos por chegar a um consenso devido aos vários problemas que já tive e por não me sentir em condições. Disseram-me que não havia solução para o meu problema», revelou.
O jogador, que no decorrer da sua curta carreira foi alvo de três intervenções cirúrgicas ao mesmo joelho, disse estar naturalmente "triste" com a situação.
«Desde criança que sonho com poder jogar futebol e ter que acabar cedo é uma situação triste e complicada», frisou.
Ligado ao Sporting desde os nove anos, foi depois emprestado, já enquanto sénior, ao Olivais e Moscavide, Olhanense (quatro temporadas) e Vitória de Guimarães.
O ex-jogador vai agora iniciar uma carreira de treinador, tendo aceitado o convite dos responsáveis "leoninos" para as funções de adjunto da equipa sub-16.
«É uma grande ajuda a oportunidade que o Sporting me está a dar, importante para ultrapassar esta situação e para poder continuar ligado ao futebol», disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.