João Henriques, treinador do Moreirense, elogiou os seus jogadores, mas não escondeu a insatisfação depois de ter perdido o encontro já no final do encontro frente ao SC Braga.

"Na pré-época fizemos um jogo-treino com o SC Braga por 4-0, justíssimo. Hoje, poucas semanas depois, discutimos o jogo e foi tremendo. O Moreirense esteve fantástico, mas sentiu muito o golo e até ao intervalo desorganizámo-nos e permitimos o segundo. Mas na segunda parte fazemos um jogo fantástico, quisemos ganhar e por vezes quando se vai com muita sede ao pote, acontece o que aconteceu. Estamos frustrados, mas não há justiça nem injustiça. Ficou patente que fizemos um jogo tremendo contra uma grande equipa, mostrámos que sabemos para onde vamos e que a equipa vai dar grandes alegrias. Os próximos jogos vão trazer-nos os pontos para ilustrar isso mesmo", referiu.

À procura dos pontos

"Entrámos bem no jogo, mas estamos naquela fase em que o adversário não precisa de fazer nada para marcar o golo da vantagem. Chegar ao 2-2 como conseguimos, empurrar o SC Braga para o ultimo terço, não é qualquer equipa que o faz. Os jogadores fizeram tudo, o possível e o impossível, os jogadores deram tudo e deixaram os adeptos orgulhosos (...). Os pontos vão aparecer."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.