Declarações de João Henriques, treinador do Santa Clara, à Sport TV, após o empate (2-2) com o Vitória de Setúbal, no Estádio do Bonfim, da 26.ª jornada da I Liga.

“Foi um jogo atribulado pelas poucas faltas marcadas a favor do Santa Clara. Foram permitidas demasiadas ações faltosas que não foram assinaladas. Foram dois pontos desperdiçados pelo Santa Clara. Chegámos à vantagem e estivemos sempre por cima. Um lance inacreditável permitiu que o adversário chegasse ao empate. Fomos para o intervalo com um resultado injusto."

"Segunda parte foi incaracterística e houve poucas oportunidades. Houve um remate de Guedes e o golo do Vitória. Fomos à procura do empate, que conseguimos, mas, para mim, o 2-2 é extremamente injusto."

"Se querem bons espetáculos têm de deixar a equipa jogar futebol. A minha equipa tentou jogar e outra esteve a bater e a destruir."

[34 pontos já valem a permanência?] "Estou à procura dos lugares de cima. Não me preocupa nada com o que está para trás. Saímos daqui frustrados, queríamos ter 36 pontos e pressionar quem vai à nossa frente. Queríamos seis pontos nestes dois últimos jogos. Não estamos nos jogos à procura do pontinho, mas de três pontos. Saio daqui irritado com o empate contra uma equipa que só quis bater."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.