O líder axadrezado, João Loureiro, respondeu ao Gil Vicente depois de o recurso que o clube de Barcelos apresentou ao Conselho de Justiça ter sido rejeitado. O Gil Vicente contestava a inscrição do emblema do bessa e do Vitória de Setúbal.

“Sobre esse assunto, teve um final feliz. Só quero dizer o seguinte: Acho que foi um comportamento incompetente dentro e fora de campo, até na área jurídica. Diria até que foi grosseira” a forma como o Gil Vicente atuou, referiu o presidente do Boavista.

“Não vamos entrar em diálogos. Vamos dar o nosso absoluto desprezo”, acrescentou.

Recorde-se que o clube de Barcelos queixou-se que o Boavista e Vitória de Setúbal não cumpriram todas as normas procedimentais, quanto aos pressupostos financeiros, assim como a apresentação das declarações de ausência de dívidas ao Fisco e à Segurança Social.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.