Romário Leiria, jogador brasileiro que passou pelo Marítimo na última época, falou à imprensa brasileira e arrasou o clube madeirense, alegando "falta de organização" no seio do clube.

"Pensava que ia correr às mil maravilhas mas, infelizmente, quando eu coloquei os pés lá percebi que a realidade era outra. Passei por muitas dificuldades por falta de organização do clube e por pessoas que não sabiam lidar com aquilo. Foi muito complicado", disse o jogador.

"Sinceramente, se algum amigo perguntar pelo Marítimo eu vou dizer-lhe para não ir. Tudo o que passei lá não desejo a ninguém. É um clube mal organizado, com profissionais sem caráter e sem conhecimento nenhum de futebol. Tudo girava em torno de uma pessoa só, o presidente do clube. Aconteceram coisas que nunca pensei em ver no futebol", acrescentou.

O jogador brasileiro fez dois jogos pela equipa B do Marítimo e 11 pela equipa principal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.