O treinador Rui Vitória olha para o jogo de sexta-feira com o Vitória de Guimarães como uma oportunidade para o Paços de Ferreira subir na classificação da Liga portuguesa de futebol, após a 28.ª jornada.

Rui Vitória fez questão de vincar a vontade de lutar pela melhor classificação do Paços de Ferreira, uma equipa que, garantiu, nesta altura apresenta «um processo até relativamente positivo».

«Iremos fazer tudo para conseguir o melhor lugar possível, mas a nossa meta primordial já há muito foi conseguida. Não se pode fazer um campeonato só a ‘bombar’, mas ficaria muito menos satisfeito se a equipa desse respostas negativas», disse o técnico.

Rui Vitória utilizou a recente final da Taça da Liga, que o Paços de Ferreira perdeu por 2-1, para dizer que «o Benfica não foi muito mais forte» e revelou o desejo de ver a formação nortenha dar continuidade à segunda parte desse decisivo jogo frente ao Vitória de Guimarães, «um adversário muito complicado».

«Esperar uma equipa [do Vitória de Guimarães] menos poderosa é estarmos no caminho errado. Face a uma equipa com aquele orçamento, com a quantidade e qualidade dos jogadores que tem, só temos de esperar uma equipa difícil», sublinhou.

Os elogios de Rui Vitória misturam-se com os dados objectivos ao percurso dos minhotos, que, comparativamente, têm mais derrotas no campeonato e nos últimos oito jogos ganharam um, acrescentando: «Não tem feito um campeonato com grande regularidade. Sabemos que há lá qualidade, mas temos esperança de discutir o jogo».

Na conferência de antevisão ao encontro antecipado da antepenúltima ronda da prova ficou também a certeza sobre a ausência do médio Bruno de Paula, o único indisponível do plantel, com um traumatismo no joelho esquerdo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.