"A derrota não terá qualquer implicação na equipa e no moral para o dérbi. São jogos diferentes, de competições diferentes. Não há qualquer problema para jogo em Alvalade. O jogo com o Vitória de Guimarães é passado. Infelizmente perdemos, gostaríamos de chegar ao Jamor, mas já estamos concentrados no Sporting", assegurou o capitão benfiquista.

Apesar do mau momento que os leões atravessam, o capitão encarnado sabe que este é um jogo sempre especial e que nunca há favoritos. No entanto, “só vale três pontos”.

"É um dérbi, um jogo que carrega mais emoções, os adeptos vivem mais intensamente, mas não deixa de valer só três pontos. É com esse objectivo que vamos para Alvalade. Para jogar no totobola, normalmente as pessoas apostam numa tripla. O Sporting joga em casa, poderá tirar algum partido disso, mas espero que a cruz recaia sobre o Benfica", acrescentou.

Não querendo entrar em grande euforias, Nuno Gomes prefere pensar jogo a jogo: "É com essa mentalidade que temos trabalhado até aqui. Não vamos mudar por até ao Natal sermos a equipa com o calendário de jogos mais difícil. Primeiro pensamos no Sporting, depois no BATE Borisov, pensamos jogo a jogo, independentemente de quem seja o adversário", concluiu.

Nuno Gomes relembrou ainda o jogo com os vimarenses, que perderam por 1-0 e que, consequentemente, afastou as águias da prova rainha do futebol português, em que o Benfica “teve a posse de bola durante mais tempo” e que atacou durante “toda a segunda parte”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.