Jonas marcou dois golos nesta vitória encarnada e passa a somar 21 na lista dos melhores marcadores. O avançado considera que esta vitória começou a ser construída muito cedo.

"A nossa entrada forte foi a chave para o primeiro golo, o que nos trouxe tranquilidade. Foi uma grande vitoria num campo difícil frente a uma equipa que nos dificultou nos primeiros minutos. Sabíamos que era uma competição diferente, com outros jogadores, mas a nossa intensidade e o querer foram importantes para chegar à vitória", analisou na zona de entrevistas rápidas da Sport TV.

O brasileiro desvalorizou o facto de ter apontado dois golos, privilegiando o coletivo: Acho que primeiramente tenho de pensar no coletivo, é o que marca, e todos os dias penso no coletivo. O individual não é importante".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.