Pouco mais de duas semanas de ter encerrado a carreira de futebolista, Jonas apresenta esta sexta-feira o livro "O Benfica segundo Jonas".

Neste livro, que tem prefácio de Luís Filipe Vieira, presidente dos 'encarnados', o antigo jogador passa em revista os cinco anos em que vestiu a camisola do clube da Luz, assim como outras partes da sua carreira. Jonas destaca ainda aquele que foi "o mais longo e penoso" calvário da carreira: a lesão sofrida no tornozelo direito no jogo da Supertaça da época 2016/17.

Na sequência da fratura no pé direito, o brasileiro contraiu uma infeção que o obrigou a uma nova intervenção cirúrgica que quase o obrigou a terminar a carreira de futebolista.

"Nunca me passou pela cabeça a necessidade de terem de me amputar o pé, mas a verdade é que a hipótese foi colocada em cima da mesa e, mais, esteve por um fio para ser concretizada. Tempos mais tarde, o doutor António Martins confidenciou-me: 'Caso tivéssemos esperado mais um dia, a infeção podia ter alastrado às cartilagens e, aí sim, seria o fim", salienta Jonas no livre, num trecho divulgado pelo jornal Record.

"Sou grato para a vida à equipa do médico António Martins que, em setembro de 2016, drenou e limpou a infeção no tornozelo", acrescentou.

Depois da intervenção cirúrgica, o brasileiro enfrentou um longo período de recuperação, recordando que tomou quase 300 cápsulas nesse tempo.

"Nas primeiras três semanas do pós-operatório, quase não sai da cama. Clausura total. Tomava antibiótico e descansava. Apenas. Tomei quase 300 cápsulas. E engordei três ou quatro quilos", revelou Jonas, admitindo que "de todo o longo e penoso processo, a parte psicológica foi a mais difícil de gerir".

"Um dia até tive uma surpresa: o Luisão, o Jardel e o Júlio César apareceram sem avisar, com chocolates e bolos. Estava de dieta rigorosa, mas comi com os olhos e... com a alma", conta.

O livro "O Benfica segundo Jonas", da autoria do jornalista Luís Miguel Pereira, será apresentado esta sexta-feira, a partir das 16 horas, no Estádio da Luz.

A obra tem prefácio de Luís Filipe Vieira, presidente dos 'encarnados', que também estará presente no evento, e participações de Bruno Lage, Rui Vitória e Jorge Jesus, entre outros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.