"Os três pontos em Braga seriam uma óptima prenda de Natal. Depois haverá uma paragem no campeonato e ficaríamos numa posição tranquila com 21 pontos", começou por afirmar o técnico em antevisão ao jogo com os bracarenses, que abre a 14.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

Apesar de a "Briosa" não vencer em Braga há muitos anos, o timoneiro dos "estudantes" frisou que não analisa os jogos "pela tradição e pela estatística", considerando, no entanto, que vai ter pela frente um jogo extremamente difícil, devido à qualidade do adversário.

"O Sporting de Braga tem sido uma equipa um pouco atípica esta época. Tem dado muitas alegrias aos portugueses na Europa, mas tem tido alguns problemas no campeonato. No entanto, tem um plantel rico, de grande qualidade e continua a ser uma grande equipa", observou o técnico.

Questionado sobre a pesada derrota em casa frente ao Marítimo por 5-1, Jorge Costa sublinhou que "foi uma derrota que marcou os jogadores" e a si próprio e assegurou que não voltarão a repetir os mesmos erros.

Já quanto à moral do grupo, o treinador assegurou que não é necessário fazer nada para a levantar, pois "os jogadores são profissionais e todos têm que assumir os seus erros".

Para o jogo com os "arsenalistas", apenas Berger e Diogo Gomes estão de fora a recuperarem das respectivas lesões.

"Quem se deixar abater comigo é sair, porque não cabe no meu espírito. Quem for forte, tem sempre a certeza de que eu o defenderei até onde for necessário", vincou ainda.

À margem do jogo, Jorge Costa desejou que os processos que estão em recurso no Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol se resolvam o mais rapidamente possível para que se defina o adversário que a Académica tem de defrontar nos oitavos de final da Taça de Portugal, defrontando o vencedor dessa eliminatória o Vitória de Setúbal nos quartos de final.

"Espero que as coisas se resolvam depressa. A mim, isto faz-me confusão, porque tenho que planear as coisas com tempo, assim como os meus jogadores e respectivas famílias face à quadra festiva. É um facto que podemos chegar longe na prova, porque o sorteio foi-nos favorável e jogamos sempre em casa", concluiu o técnico.

A Académica visita defronta a partir das 20:15 de sexta-feira o Sporting de Braga, no estádio Axa, em jogo a ser dirigido pelo árbitro Marco Ferreira, da Madeira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.