O treinador da Académica, Jorge Costa, sacudiu hoje a pressão de a equipa ocupar o segundo lugar na Liga portuguesa de futebol, embora manifeste orgulho e consciência do dever cumprido.

"Somos uma equipa orgulhosa pelo trabalho desenvolvido, mas consciente de que ainda falta muito, com muitos pontos para somar. Não somos um alvo a abater, porque a Académica não entra nestas contas finais, mas penso que neste momento as diferentes equipas sentem motivação e dificuldades em jogar contra nós", afirmou o técnico em antevisão ao jogo desta sexta-feira na deslocação a Leiria.

O técnico admitiu que não é habitual ver a ‘Briosa’ ocupar a segunda posição, mas salientou que a equipa não entra em euforias, continuando com os pés bem assentes no chão.

Referiu mesmo que tem acontecido a realidade contrária, exemplificando com a situação aflitiva dos ‘estudantes’ nas últimas quatro jornadas do final da época passada.

Jorge Costa admitiu que o plantel tem sido muito solicitado em termos mediáticos, o que se verificou com o elevado número de jornalistas presentes nesta conferência.

"Todos nós já vivemos fases boas. Esta deve-se ao bom arranque de época e espero que nada mude. O importante é não perdermos de alcance este momento, porque todos sabemos o que é passar por fases difíceis", salientou o técnico, alertando para os problemas relacionados com lesões, castigos ou calendário mais difícil.

Questionado sobre o valor da União de Leiria, o técnico conimbricense destacou a organização, a qualidade e o bom campeonato que a equipa da cidade do Lis tem feito, com apenas menos três pontos do que a de Coimbra.

"Vamos ter pela frente um jogo difícil, mas lutamos sempre pelos três pontos. Este jogo não é excepção. Não se pode exigir mais que isso. Queremos praticar bom futebol para trazer mais gente ao estádio e no final fazermos a festa", acrescentou.

No treino de hoje, a salientar a ausência de Pape Sow, devido a um traumatismo no joelho esquerdo, estando em dúvida para Leiria. Nuno Coelho trabalhou sem limitações, Ricardo saiu mais cedo apenas por precaução e Barroca treinou sob a supervisão do fisioterapeuta Miguel Rocha.

Jorge Costa informou no final que o adjunto José Ferreirinha está com baixa de 30 dias.

A União de Leiria recebe esta sexta feira, pelas 20:15, a Académica, em jogo inaugural da 7.ª ronda, apitado por Elmano Santos, da Madeira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.