Depois de infligir ao Sporting a sua primeira derrota na presente edição da I Liga, ao bater os já virtuais campeões por 4-3 no Estádio da Luz, Jorge Jesus, treinador do Benfica, destacou o grande espetáculo proporcionado pelas equipas e lamentou que a sua equipa continue a não saber defender resultados.

"Quero dar os parabéns às três equipas, principalmente ao Benfica e ao Sporting, porque este jogo foi um espetáculo que deveria ter 60 mil pessoas aqui, seria ainda mais emocionante. Duas equipas que, face à forma de olhar para o jogo, quiseram ganhar, olhar para a frente. O Benfica entrou muito forte, mas depois do 3-0 começa a acreditar que já não era preciso ter outro momento de jogo de fechar espaços na perda da bola. Tivemos de fechar e sofremos o 3-1. É normal, o Sporting acreditou que podia entrar no jogo. Fizemos o 4-1 na reentrada e depois não sabemos defender resultados. Por muito que eu fale, ainda não consegui meter na cabeça de alguns jogadores como é que consegues controlar o resultado com bola. Só conseguimos jogar com qualidade quando vamos à procura do golo. Tens de saber gerir o resultado e esperar que te beneficie. O Sporting acreditou sempre, as coisas tornaram-se mais complicadas, mas, se depois do 4-3 houvesse um golo teria de ser o 5-3 e não o 4-4", começou por dizer.

O técnico fez, ainda assim, questão de felicitar os seus jogadores. "Parabéns aos jogadores do Benfica, fizeram 45 minutos espetaculares, com grandes golos, grandes jogadas. E ganhámos. Podíamos ter ganho por mais, mas tens de dar mérito ao Sporting, pela forma como jogaram, jogadores com muita classe perto da grande área. Parabéns a todos pelo jogo. Agora falta um jogo antes da final da Taça. Mais uma vitória que nos põe numa segunda volta muito forte", lembrou.

Jorge Jesus agradeceu também aos adeptos que saudaram o autocarro da equipa para lhe dar alento antes do jogo. "O carinho dos adeptos significa muito. Os adeptos são por quem nós jogamos e fazemos tudo, não são sacrifícios, os jogadores e o treinador fazem o que lhes compete. Os adeptos, face à clasificação do Benfica e porque estão habituados a ser campeões, este ano poderiam estar contra a equipa, entre aspas, mas não estão. Perceberam o que aconteceu à equipa em janeiro. Estão a dar carinho. Sentimos isso, porque os jogadores de qualquer equipa sentem quanto tens o calor e o carinho dos adeptos, eles ficam mais confiantes, apesar de os jogos não terem adeptos. Fora do estádio, vimos muitos adeptos a incutirem esperança, fé... quero agradecer-lhes. Normalmente só se vê isto a ganhar. Parabéns aos adeptos do Benfica.", terminou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.