"O Olhanense é o último classificado mas sabíamos que era boa equipa. Aquilo que nós não queríamos era que o Olhanense tivesse vantagem no marcador, pois tem jogadores que seguram muito bem a bola. Isso acabou por acontecer, depois quando igualámos, sabendo que tínhamos mais uma unidade, pensei sempre que que iamos dar a volta ao jogo (...) Na segunda parte fomos arriscando até ao limite, e fomos recompensados por esse risco. Acabámos por fazer um ponto ao cair do pano justamente", afirmou Jorge Jesus no flash interview.

Neste encontro, o Benfica perdeu Pablo Aimar (lesionou-se no treino da manhã), Ramires (lesionou-se durante o encontro) e Di Maria (expulso). Jorge Jesus admitiu que esse facto acabou por condicionar a forma de jogar da sua equipa: “O jogo foi atípico. Perdemos alguns jogadores antes e durante o jogo, jogadores que são fundamentais na nossa manobra ofensiva”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.