Jorge Jesus revelou que Antero Henrique, quando trabalhava no FC Porto, o tentou convencer a rumar ao Estádio do Dragão. Em entrevista ao canal brasileiro Esporte Interativo, o técnico do Sporting comentou as notícias que davam conta de uma potencial ida para o PSG no arranque desta temporada.

“O interesse para rumar a França não passou de imprensa, apesar de o diretor-geral do PSG [Antero Henrique] ser um português que já tentou também que eu fosse trabalhar para a equipa para que ele trabalhava [ FC Porto] quando ainda estava em Portugal. Por isso é que a situação gerou um pouco de especulação”.

No arranque desta temporada, Jorge Jesus foi apontado como um potencial substituto de Unai Emery no PSG, mas não passou de interesse e o treinador ficou em Portugal. Tirar o técnico do Sporting do seu país não é fácil, uma vez que o próprio admite que só quer sair para uma equipa que tenha um grande projeto europeu.

“Não é fácil tirarem-me de Portugal. Eu para sair daqui não saio para qualquer equipa. Apenas saio para uma equipa onde eu veja que possa ter o que não tive em Portugal que é um projeto europeu viável. Digo isto porque a questão financeira não é prioridade para mim”.

Jorge Jesus é treinador do Sporting estando na sua terceira época no cargo. Antes, passou seis anos no Benfica. Aos 63 anos, o treinador luso ainda não teve qualquer experiência fora de Portugal enquanto técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.