A recente transferência de Ederson para o Manchester City, a troco de 40 milhões de euros, deu o mote para que o jornal espanhol Marca dedicasse um artigo à "mina de ouro" dos 'encarnados', fazendo um apanhado das maiores vendas do clube desde a temporada 2010/11.

No texto, o diário espanhol destacou os 617 milhões de euros que as 'águias' receberam pelas vendas de jogadores desde 2010, o que faz do clube lisboeta aquele que mais dinheiro encaixou durante os últimos sete anos, superando clubes como Chelsea (533 milhões de euros), Atlético Madrid (505 milhões de euros), FC Porto (478 milhões de euros) ou Juventus (457 milhões.

Deste modo, a 'Marca' elegeu um onze de jogadores vendidos pelo clube da Luz, onde constam os nomes de Ederson, Oblak, João Cancelo, David Luiz, Fábio Coentrão, Matic, Witsel, Renato Sanches, Di María, André Gomes, Gaitán e Rodrigo, destacando o facto de o Benfica ter-se tornado "especialista em comprar talentos emergentes e vendê-los como estrelas".

A publicação refere ainda que Lindelof e Semedo deverão ser os próximos a ser vendidos em mais negócios milionários. Contudo, a publicação enaltece o facto de o Benfica "apesar de perder as melhores peças, não perder a competitividade".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.