Num trabalho do jornal espanhol 'Marca', aborda-se a nova ordem no futebol marcado pela pandemia da COVID-19, onde o Sporting é mencionado como exemplo. Isto depois de poderem haver 12 campeões diferentes dos habituais nas 25 principais ligas.

"A chegada de Rúben Amorim ao banco lavou por completo o rosto de um histórico que conquistou o seu 18.º e último campeonato em 2001-02. Para já conquistou a Taça da Liga e é o líder destacado do campeonato. Os leões, depois de 20 jornadas, levam 10 pontos de vantagem sobre o FC Porto por 10 pontos, 11 do SC Braga e 15 do Benfica. A sua principal referência ofensiva não é um puro '9', mas sim o ex-valenciano Pedro Gonçalves, melhor marcador com 14 golos. Os espanhóis Adán e Pedro Porro encabeçam a defesa que menos golos sofreu na Liga: apenas 10 golos. É difícil que lhes escape o título," pode ler-se

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.