O administrador da SAD do Benfica, José Eduardo Moniz, já respondeu às críticas feitas por Julen Lopetegui no final do encontro entre FC Porto e Boavista (2-0), afirmando que o treinador dos "dragões" pretende condicionar a atuação dos árbitros nas próximas partidas dos portistas.

"O que temos vindo a assistir de forma descarada é uma tentativa de condicionamento da arbitragem para esta fase final da temporada e, por isso, devemos chamar a atenção para isto de forma clara e pôr ordem da mesa. O que Lopetegui ontem disse foi aquilo que o instruíram a afirmar. Como só chegou este ano ao futebol português, o melhor que pode fazer é pedir à sua entidade patronal para ter acesso aos arquivos dos últimos 25 anos de forma a ficar a saber o que é favorecimento no futebol português", atirou, em declarações à Rádio Renascença.

O dirigente "encarnado" sublinhou ainda que o FC Porto foi beneficiado frente ao Boavista já que, na sua opinião, Jackson Martinez devia ter sido expulsoi.

"Ainda ontem caso o árbitro quisesse, o Jackson podia ter sido expulso por uma entrada violenta mas nem sequer viu o amarelo. Vai jogar no domingo com o Sporting e isso dá jeito. Mas disto ninguém fala porquê?", questionou Moniz, que anda teve tempo para responder a André Simões, médio que foi expulso no Moreirense-Benfica.

"Deve ter sido muito simpático para o árbitro. Deve-lhe ter feito uma festinha. Só pode ter sido isso", disse, em declarações à Rádio Renascença.


Veja o lance de Jackson de que fala Moniz

Veja a expulsão de André Simões contra o Benfica.

A mensagem de André Simões nas redes sociais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.