José Mota está de saída do comando do Leixões. O técnico não aguentou a sequência de resultados negativos do clube, expressos num penoso penúltimo lugar no campeonato, e vai deixar o estádio do Mar.

É a 11ª 'chicotada psicológica' na Liga, onde apenas Jesualdo Ferreira (FC Porto), Jorge Jesus (Benfica), Domingos Paciência (Sp. Braga), Manuel Machado (Nacional) e Carlos Brito (Rio Ave) resistem.

A sessão de hoje já foi orientada pelos adjuntos João Fonseca e António Pinto, devendo ser anunciada oficialmente a rescisão durante esta terça-feira. No entanto, o sucessor poderá ser conhecido esta tarde, numa conferência de imprensa às 17h30, numa altura em que o plantel já prepara o desafio com o FC Porto para a 19ª jornada do campeonato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.