O treinador do Feirense realçou o momento chave do encontro, a expulsão de Ícaro logo aos três minutos, lance que deu origem ao primeiro golo do FC Porto

“Jogar contra o FC Porto com um jogador a menos logo nos primeiros minutos e sofrer um golo cria muitos desequilíbrios emocionais e coletivos. A estratégia que tínhamos acabou por ruir... Tentámos ser uma equipa organizada, que criou as suas hipóteses de golo”, afirmou José Mota à Sport Tv.

“Percebemos que o FC Porto, naturalmente, ia assumir o jogo e criar desgaste para depois conseguir abrir linhas para criar oportunidades. A verdade é que não criou muitas, estivemos bem nesse aspeto”, acrescentou.

O FC Porto goleou, este domingo, em Santa Maria da Feira por 4-0, com golos de André Silva (2), Brahimi e Marcano, em jogo da 13.ª jornada do campeonato português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.