Eduardo tem sido notícia na comunicação social portuguesa por pretensas declarações do seu empresário, Ulisses Santos. A verdade é que o SAPO Desporto contactou o verdadeiro agente do jogador, Joseph Donkor que desmitificou toda a situação.

O inglês diz estar farto que Ulisses Santos se assuma como empresário de um jogador com quem não tem contrato.

«Eu é que sou o empresário do Eduardo. Ulisses Santos nada tem que ver com ele. É apenas uma pessoa que representou o Benfica nas negociações para o seu regresso a Portugal e que acabou por prejudicá-lo», referiu o agente FIFA.

Donkor foi mais longe e referiu que «Ulisses Santos talvez queira ser o próximo Jorge Mendes», não entendendo porque é que ele continua a querer fazer-se passar por algo que não é.

A frustrante época no Benfica 

Sobre a época pouco conseguida do guardião no Benfica, que foi utilizado apenas na Taça da Liga e na Taça de Portugal, o empresário revela que Eduardo está desapontado, uma vez que foi contratado com a promessa de ser o número 1 da baliza.

«Ele está obviamente desapontado. Veio para o Benfica para ser o número 1 da baliza. Foi o que lhe foi dito quando o contrataram. Agora iremos falar com o Génova para definir o futuro dele».

Joseph Donkor assume ainda que «há clubes em Inglaterra» interessados no guardião e que por aí poderá passar o seu futuro, mas para já é necessário falar com o presidente do Génova para definir a sua situação.

O orgulho na chamada à seleção 

Relativamente à presença do jogador nos 23 convocados de Paulo Bento para o Euro 2012, Joseph Donkor frisa que Eduardo está muito feliz.

«Ele vai agora ao Europeu e irá apoiar o Rui Patrício, a escolha de Paulo Bento para a baliza. Se for chamado ao jogo dará o seu melhor. Ele tem muito orgulho em ser português. A seleção é muito importante para ele», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.