Julien Weigl foi eleito o futebolista do ano nos prémios Cosme Damião, entregues pelo Benfica ao longo da semana, devido à pandemia. O alemão venceu a votação superando Rafa, Taarabt e Pizzi, no futebol masculino, e Cloe Lacasse no feminino.

"É um momento especial, é muito bom, estou feliz por todos os adeptos terem votado em mim. Quando cheguei não foi fácil, não estávamos a ganhar, por culpa minha também, porque estava no jogo. Estou feliz por ter alterado a opinião das pessoas", afirmou o jogador.

Rui Costa, vice-presidente do clube e administrador para o futebol, foi o responsável por entregar o prémio ao alemão e abordou as qualidades do médio.

"Trata-se de um excelente jogador e de um lutador, um ganhador, um vencedor. Desde o primeiro dia que chegou ao clube encarnou o benfiquismo nele, até contra algumas adversidades, até ao ponto de ganhar este enorme troféu", disse.

Galardões já entregues:

Inovação: Player App.

Parceiro do Ano: Serviço Nacional de Saúde.

Projeto do Ano: Organização da Final da Liga dos Campeões 2020.

Treinador do Ano: Marcel Matz (voleibol).

Modalidade do Ano: Voleibol masculino.

Atleta de Alta Competição: Ana Catarina (futsal feminino).

Revelação do Ano: Diogo Gonçalves (futebol).

Revelação das Modalidades: Jacaré (futsal).

Formação: Atletismo (sub-23).

*Artigo atualizado às 13h03

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.