O FC Porto vai poder continuar a divulgar e-mails ligados ao Benfica. De acordo com o Jornal de Notícias, o tribunal cível do Porto não deu razão aos ‘encarnados’ que queriam que os ‘dragões’ fossem proibidos de divulgar qualquer tipo de mensagens.

Segundo os ‘encarnados’, o FC Porto não podia divulgar mensagens que fossem, alegadamente, comprometedoras. No entanto, a decisão da justiça portuense permite que o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, continue a expor as mensagens sem qualquer tipo de restrição jurídica.

O magistrado refere ainda que o Benfica foi incapaz de provar que os contratos com os seus patrocinadores estão em perigo. A decisão foi tomada por Fernando Cabanelas.

Recorde-se de que o Benfica tinha lançado um processo na justiça contra o FC Porto devido à divulgação de e-mails que, de acordo com os ‘encarnados’, tinham sido obtidos de forma ilegal. Em sentido inverso, Francisco J. Marques alegou que todas as mensagens que divulgou lhe foram entregues.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.