Companheiro de Jesús Corona nos tempos do FC Porto, Miguel Layún deixou elogios ao seu compatriota e antigo colega nos 'dragões', numa resposta nas redes sociais a um jornalista interrogava o porquê de 'Tecatito' não ter sido vendido neste 'defeso'.

Para Layún, apenas o facto de ser mexicano impediu Corona de seguir para outros voos. "Porque não tem outra nacionalidade. Vale o preço que pedem por ele, não conheço muitos jogadores que desequilibrem tanto como ele. Ou será que estou enganado?", escreveu o agora jogador do Monterrey em resposta a David Faitelson, jornalista da ESPN México.

Layún esteve três temporadas no FC Porto, entre 2015 e 2017, cruzando-se durante dois anos nos 'dragões' com Corona, de quem também é colega na seleção principal do México.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.