A SAD da União de Leiria anunciou hoje ter recebido a rescisão de 13 jogadores, que «potenciou, de forma irreversível, a previsível descida de divisão» e que «a irá obrigar a desistir» da Liga de futebol.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a SAD do clube leiriense afirma que as cartas de rescisão estão datadas de 27 de abril, mas apenas foram recebidas a 2 de maio, acusando os futebolistas de «ausência injustificada aos treinos e, mais gravosamente, ao jogo da 28ª jornada», frente ao Feirense, que o clube perdeu por 4-0, tendo alinhado apenas com oito jogadores.

Registando «a implicação direta entre o incumprimento dos deveres de trabalhador e os gravíssimos prejuízos desportivos e financeiros», a SAD da União de Leiria admite ainda avançar com uma ação judicial, para «exigir o ressarcimento de todos os danos e prejuízos resultantes desta situação, os quais, sendo patentemente superiores aos créditos de que os atletas são titulares».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.