O presidente do Santos, Andrés Rueda, garantiu esta sexta-feira que, na teoria, "está tudo fechado" para a transferência de Lucas Veríssimo para o Benfica. Em conferência de imprensa, o dirigente deu alguns detalhes sobre o negócio com os 'encarnados'.

"O caso do [Lucas] Veríssimo foi complicado. O presidente do Benfica é muito duro, a negociação não começou bem por causa da situação financeira fraca. Pressionaram muito", começou por dizer Andrés Rueda.

"A primeira proposta era de pagar em seis anos, depois de 20 ou 25 dias chegámos a um bom acordo. Basicamente 75 por cento pago em 2021 e uma última parcela mais para a frente. Conseguimos também, em relação à proposta inicial, uma redução da parte do passe do jogador. Ele teria 15 por cento e abriu mão de 5 por cento. Outro ponto negociado com o empresário foi a comissão e diminuímos. Fizemos uma composição financeira mais atraente", explicou.

"Teoricamente está tudo fechado, mas com a condição principal de ficar até ao final da [Taça] Libertadores. Num momento queriam-no de imediato, noutro momento só queriam pagar depois da transferência. Houve desgaste na negociação, mas no final ficou tudo certo e aceitaram todas as condições que colocamos", terminou Rueda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.