A SAD leiriense incompatibilizou-se quarta-feira com o técnico e anunciou a dispensa de Lito, mas as partes ainda não chegaram a um acordo para a rescisão do contrato, que termina em 2012. Desde então Lito Vidigal tem comparecido sempre no local dos treinos.

Hoje de manhã a União de Leiria voltou a treinar sob orientação de João dos Bastos, ex-adjunto de Lito, e Ricardo Moura, ex-treinador da União da Serra, da II divisão.

À entrada, seguranças privados impediram o acesso dos jornalistas e repórteres fotográficos, alegando que o treino, marcado para as 10:00, era à porta fechada.

Antes, ao início da manhã, na partida da equipa de Leiria para a Nazaré, Lito Vidigal tentou seguir no autocarro da equipa juntamente com os seus adjuntos Fernando Morgado e Tomás Silva, mas a entrada foi barrada também por seguranças.

O técnico viajou então para a Quinta do Pinheiro, onde permaneceu no bar com os seus adjuntos, limitando-se a avançar aos jornalistas que aguarda uma conversa com o presidente da SAD, João Bartolomeu, sobre o seu futuro.

A União de Leiria tem novo treino marcado para as 17:00, prometendo Lito voltar a marcar presença e tentar, de novo, viajar com a equipa para Leiria.

Alberto Pazos, técnico espanhol que em Portugal já orientou equipas como o Marítimo e o Sporting de Braga, pode vir a ser o sucessor de Lito Vidigal no comando da União de Leiria, devendo reunir-se sábado com o presidente do clube, João Bartomomeu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.