O livro “Porto 1987-2012: 25 anos no topo do Mundo”, uma compilação de crónicas de 34 conhecidos adeptos portistas, foi ete domingo apresentado, coincidindo com a data que celebra o primeiro título de campeão europeu dos “dragões”.

Coordenado pelo sociólogo João Nuno Coelho, também comentador e investigador desportivo, a obra pretende dar a visão de um conjunto de personalidades sobre os momentos mais importantes do que considera ser «a era dourada do FC Porto».

Entre os autores das crónicas sobre os mais diversos momentos de sucesso “azul e branco”, destacam-se Miguel Guedes (músico), Rui Moreira (presidente da Associação Comercial Portuense), Hélder Pacheco (historiador), Álvaro Costa (radialista), Álvaro Magalhães e Carlos Tê (escritores), e os jornalistas Jorge Manuel Lopes, Daniel Deusdado, Miguel Carvalho, Júlio Magalhães e Ricardo Alexandre.

Hernâni Gonçalves, que integrava a equipa técnica de Artur Jorge na conquista de 1987, apresentou a obra realçando o papel dos «simples adeptos, autênticos 34 apóstolos que escreveram o novíssimo testamento de 25 anos de grandeza».

João Nuno Coelho escolheu «propositadamente» o dia de hoje por assinalar a passagem de um quarto de século sobre a vitória em Viena de Áustria, sobre o Bayern de Munique, por 2-1, desfecho que valeu aos portistas o seu primeiro título internacional.

Curiosamente, e porque a final de Viena estava a ser retransmitida no local, o golo de Madjer (que empatou a partida frente aos alemães) voltou a arrancar aplausos espontâneos às cerca de 200 pessoas que assistiam à apresentação do livro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.