O treinador Julen Lopetegui, esta sexta-feira substituído no comando da equipa técnica do FC Porto, tornou-se no sétimo técnico a ‘cair’ na edição da 2015/16 da I Liga portuguesa de futebol.

Com os ‘dragões’ na terceira posição, a quatro pontos do líder Sporting e em igualdade com o Benfica, Lopetegui deixa o clube uma época e meia depois, na sequência do empate com o Rio Ave (1-1), o terceiro encontro consecutivo sem vencer.

Antes de Lopetegui, tinha sido Ricardo Sá Pinto a deixar, por iniciativa própria, o Belenenses, à 13.ª jornada, tendo sido substituído pelo espanhol Julio Velazquez.

A saída de Ricardo Sá Pinto segue-se nas ‘chicotadas’ na I Liga à de Rui Bento no Tondela, à 12.ª ronda, tendo sido substituído por Petit, que também saiu do Boavista à 11.ª jornada.

O Tondela, último classificado, já tinha trocado uma vez de treinador, à sétima jornada, quando Rui Bento substituiu Vítor Paneira.

José Viterbo (Académica) e Armando Evangelista (Vitória de Guimarães) foram os primeiros a deixar o comando técnico de clubes da I Liga, ambos à quinta ronda, tendo sido substituídos por Filipe Gouveia e Sérgio Conceição, respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.