Luís Duque anunciou esta terça-feira, no Conselho de Presidentes, que vai deixar o cargo de presidente da Liga de Clubes para que sejam convocadas novas eleições.

A situação estava já prevista desde que Duque assumiu a presidência e servirá para permitir uma alteração do modelo de gestão da entidade.

Durante o Conselho de Presidentes foi aprovada por unanimidade uma moção de confiança, apresentada pelo Gil Vicente, que serviu para demonstrar o apoio à recandidatura.

Irá realizar-se agora uma Assembleia Geral Extraordinária da Liga, de forma a discutir a alteração dos estatutos do organismo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.