O ex-jogador do Sporting, Luís Figo, comentou a atualidade do clube de Alvalade à margem de um evento de Natal organizado pela sua fundação e desejou as maiores felicidades à direção liderada por Frederico Varandas.

Questionado sobre as razões que o levaram a não avançar para a presidência do Sporting num dos períodos mais conturbados da história do clube leonino, Luís Figo admitiu que "não era o momento indicado".

"Não resido em Portugal e seria muito complicado. Mas não sei o que vai acontecer no futuro", afirmou Luís Figo em declarações ao jornal Record.

"Só espero que tudo fique mais estável e que voltem os títulos, tal como o clube merece", acrescentou o antigo futebolista português sobre o sucessor de Bruno de Carvalho na presidência do Sporting.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.