Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, comentou esta manhã à partida para a Grécia - onde a equipa das 'águias' já aterrou - , a polémica à volta do apoio de António Costa à sua recandidatura á presidência do Benfica.

O líder das 'águias' considerou que nunca viu uma campanha tão ofensiva, acrescentando ainda que a "verdade vem sempre ao de cima".

"Acho que estamos a ultrapassar todos os limites. Nunca vi, e reparem que já estou aqui há muitos anos, uma campanha tão ofensiva e caluniosa. É algo a que tenho estado a assistir, mas o tempo vai passando e a verdade vem sempre ao de cima. Eu falarei quando entender que devo de o fazer, até lá, o que é mais importante é o Benfica e os nossos jogadores responderem em campo com uma vitória", afirmou.

O jornal 'Expresso' do último sábado deu conta da presença do Presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina e do Primeiro-Ministro, António Costa, na comissão de honra da candidatura do atual presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira,  à presidência do Sport Lisboa e Benfica. O apoio de Costa a Vieira mereceu críticas de vários políticos, como de Rui Rio (PSD), Catarina Martins (BE) e André Silva (PAN).

Em declarações aos jornalistas à saída do XIX Congresso da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS, no pavilhão Paz e Amizade, em Loures, o Primeiro-Ministro considerou que apoio faz parte da sua vida fora da política.

"Não vou fazer nenhum comentário sobre um assunto que não tem rigorosamente nada a ver com a vida política nem com as funções que exerço ou exerci", afirmou António Costa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.