Segundo escreve esta terça-feira a revista 'Sábado', o presidente do Benfica Luís Filipe Vieira foi ouvido ontem no âmbito de uma investigação da Autoridade Tributária.

Em causa estão questões relacionados com o IVA e o IRC. Já o jornal desportivo 'A Bola' esclarece que Luís Filipe Vieira, a Benfica SAD e a Benfica Estádio foram constituídos arguidos na operação denominada 'Saco Azul'.

O mesmo jornal acrescenta ainda que Domingos Soares de Oliveira e o diretor financeiro, Miguel Moreira, vão também ser ouvidos esta terça-feira.

A Autoridade Tributária está a investigar a saída de 1,8 milhões de euros das contas do Benfica, alegadamente relacionadas com uma empresa de consultoria informática, mas cujos serviços nunca foram prestados. O caso remonta a 2018 e envolveu buscas no clube com o objetivo de encontrar provas de branqueamento de capitais de fraude fiscal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.