Num tom enérgico, Luís Filipe Vieira reagiu ao processo e-toupeira e refere que quem atacar o Benfica vai ser alvo de um processo crime.

De punho sobre a mesa e com palavras fortes, o líder encarnado garante que o Benfica vai enfrentar tudo até às últimas consequências. Vieira pede celeridade à justiça e que o clube vai responder a todos os ataques que fizerem à instituição 'encarnada', garantindo que quem atacar o Benfica vai responder criminalmente.

"Todos os que ponham em causa o nome do Benfica vão ser responsabilizados criminalmente", garantiu o líder dos 'encarnados' em declarações aos jornalistas.

Num tom corrosivo, o líder das 'águias' falou das estratégias dos adversários para manchar o nome do Benfica.

"Não nos conseguem defrontar pela competência que a estrutura do Benfica tem. E querem vencer-nos manchando o nosso nome. Somos, ou éramos, uma referência no futebol. Hoje temos a nossa marca manchada", declarou Vieira.

O presidente encarnado disse ainda que "nunca eu como a minha direção manchámos o nome do Benfica", acrescentando ainda que o clube que lidera foi alvo de um ataque sem precedentes.

"Infelizmente fomos vítimas de um ataque sem precedentes em Portugal. Violaram o nosso espaço, a nossa privacidade", afirmou Vieira, garantindo que o clube vai "defrontar tudo até às ultimas consequências."

"O Benfica é um clube super invejado em Portugal. É o único clube que tem futuro, tem projetos em diversas áreas. O Benfica cumpriu sempre as suas obrigações ao longo dos últimos 18 anos.

Perante os olhares de Rui Vitória, e outros membros da direção como Rui Costa ou Domingos Soares Oliveira, o líder das águias garante que o Benfica sempre cumpriu com os seus compromissos e sublinha que quando sair, vai deixar obra feita.

"O Benfica cumpriu com todo o sistema financeiro. Respeitou os prazos. Nunca tivemos um atraso com quer que seja. Trabalhamos para um futuro risonho do Sport Lisboa e Benfica. Sempre disse no dia em que sair do Benfica, quero que as nossas gerações tenham orgulho no que deixamos".

Luís Filipe Vieira voltar a reiterar a sua confiança nos tribunais e diz não acreditar poder existir "clubite na justiça".

Sem 'papas na língua', Vieira garante que quem atacar o Benfica vai ser punido, "Sejam administradores ou jornalistas".

"Não posso pensar que na justiça possa haver clubite. Quem nos fez mal está identificado. Acredito na justiça e na clubite não. Quem quer que ponha em causa o nome do Sport Lisboa e Benfica...agiremos criminalmente. Sejam administradores ou jornalistas. Não perdoaremos. Acabou a paródia que tem sido instalada à conta do Benfica", sentenciou.

O presidente do Benfica anunciou ainda a criação de um gabinete de crise.

"A partir da segunda feira, o Benfica tem um gabinete de crise para responder".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.