O Conselho de Disciplina da FPF suspendeu Luís Gonçalves por 16 dias e aplicou uma multa de 765 euros ao diretor desportivo do FC Porto devido ao comportamento do dirigente portista no jogo com o Boavista em que acabou por ser expulso do banco de suplentes devido a palavras dirigidas ao árbitro Hugo Miguel.

Segundo o conteúdo do relatório do árbitro Hugo Miguel divulgado pela FPF, Luís Gonçalves dirigiu-se de forma a agressiva para Hugo Miguel gritando para o árbitro: "Isto é uma vergonha, isto é uma vergonha!"

Para além do castigo de suspensão de 16 dias, Luís Gonçalves foi também multado pelo Conselho de Disciplina da FPF em 765 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.