Em conversa Ricardo Rocha na conta oficial do Benfica no Instagram, Luisão lembrou o Benfica-Sporting de 14 de maio de 2005, a uma jornada do fim do Liga 2004/05, em que um golo por si marcado aos 84 minutos acabou por valer às 'águias' um triunfo por 1-0 que permitiu ao clube 'encarnado' sagrar-se campeão nessa temporada e colocar fim a um 'jejum' de 11 épocas. Um golo envolto em polémica, que ainda hoje dá que falar e divide opiniões entre os adeptos dos dois clubes lisboetas.

"Todos escolhem esse momento como o mais marcante da minha passagem pelo Benfica. Chego a encontrar pessoas que me dizem que estavam no estádio, que eram crianças e que viveram essa grande emoção. É aí que penso que estou mesmo a ficar velho. Depois do golo não me lembro de mais nada. A cabeça parecia estar noutro planeta, parecia que não estava a acontecer-nos ganhar aquele jogo. Foi um momento espetacular", lembrou Luisão.

O antigo defesa brasileiro explicou o lance, no qual os 'leões' pediram falta sobre o guarda-redes Ricardo, não assinalada pelo árbitro da partida, Paulo Paraty. "Eu não acreditava que conseguia chegar à bola. O Petit bateu o livre e eu saltei antes, pois pensei que não conseguisse desviar a bola, mas acabei por fazê-lo e foi golo. Até hoje os adeptos do Sporting falam sobre se eu toquei no Ricardo ou não. Nós somos rivais dentro de campo, mas fora somos amigos. Já me encontrei com ele num curso da FPF, falámos sobre esse golo, e até brincámos sobre o lance", explicou Luisão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.