Luisão foi um dos jogadores do Benfica que marcou presença no convívio com o ex-presidente do Brasil, Lula da Silva, e não disfarçou o orgulho: «Foi muito especial. Não encontro palavras para expressar a felicidade que sinto por estar ao lado de uma pessoa tão ilustre do nosso país, que mudou o Brasil e o Mundo pelo lado positivo.»

Para o central do Benfica, Lula da Silva ficou «satisfeito com o que viu no Benfica e vai levar algumas ideias para as competições internacionais que o Brasil vai receber» nos próximos anos, como o Mundial e os Jogos Olímpicos.

O histórico político brasileiro recebeu ainda das mãos de Luís Filipe Vieira uma camisola com o número 4, o mesmo que Luisão enverga desde 2003. «Nestes últimos oito anos tenho vestido a camisola 4. Para mim é um orgulho imenso ele estar com a camisola 4, sabendo que é o número que eu envergo já há oito anos», confessou.

Sobre o seu papel no 'escrete', Luisão mostra-se algo desconfiado sobre a possibilidade de voltar às opções de Mano Menezes. «Já não sei. Não tenho sido convocado nos últimos jogos particulares. É lógico que a vontade sempre existe, mas sabemos que no Brasil aparecem sempre novos talentos, como está a acontecer agora. O mais importante é que mesmo não estando presente, vou estar a apoiar o Brasil e relembrar os oito anos que já estive na seleção», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.