Portugueses de três cidades venezuelanas festejam, maioritariamente em família, a vitória do FC Porto sobre o Benfica, lamentando que nenhuma das televisões a que têm acesso na Venezuela transmitisse o jogo que atribuiu o título nacional de futebol.

«Foi excelente, vi o jogo completo na internet porque nenhum canal transmitiu o jogo. Só posso dizer: Grande Porto», disse à agência Lusa o luso-venezuelano Pedro Valente.

Radicado em Caracas, lamentou que em várias oportunidades o sinal da transmissão pela internet se congestionava e questionou a arbitragem, «tanto para um lado como para o outro».

«O FC Porto jogou melhor e merecia ser campeão», disse.

Também contente pela vitória do FC Porto, Manuel Vasconcelos disse à Lusa que teve que recorrer à internet para ver o jogo, vincando que «deu para perceber o que se passava, mas a imagem se congelava» e por vezes havia som mas nada de vídeo.

«Tive sorte, porque em casa estava um filho que conseguiu descobrir um endereço na internet para ver o jogo, caso contrário não teria visto nada. Não entendo como é que um jogo com a importância deste as televisões não passassem», disse o emigrante natural de Aveiro e radicado na cidade de Maracay.

Por outro lado, foi também através da internet que Mário de Sousa, da cidade de Valência, soube dos resultados, mas com muita dificuldade.

«Foi através do Blackberry (telemóvel), mas não pude ver o jogo, porque a ligação estava muito má. Com frequência ia aos jornais portugueses para ver os resultados, até que finalmente vi que o FC Porto tinha ganhado, fiquei muito contente, mas confesso que foi muito difícil», disse o imigrante madeirense.

Também o radialista português Orlando Couto soube da vitória portista através da internet, lamentando ter visto «apenas os resultados».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.