O Sporting perdeu ontem no estádio do Dragão por claros 5-2. João Moutinho afirma que durante a partida nunca faltou motivação aos leões: “Há que dar algum mérito ao nosso adversário que soube explorar as nossas fragilidades e simultaneamente estava numa noite sim. Mas é importante dizer que motivação não nos faltou. De resto o golo do Izmailov provou a nossa reacção porque a verdade é que, dentro de campo, depois de obtermos o golo, nunca nos passou pela cabeça que pudesse acontecer o que aconteceu”.

A série de sete vitórias consecutivas dos leões e as exibições mais conseguidas nos últimos tempos não faziam antever o que ontem acabou por acontecer. Contudo, a verdade é que em dois jogos com adversários directos, o Sporting voltou a falhar. O médio leonino já só pensa agora em dar a volta à situação o mais rapidamente possível: “Ontem, depois do jogo, e já hoje no balneário, verifiquei que os meus colegas, tal como eu, estão tristes com o que se passou e acredito que todos estarão empenhados em que não volte a suceder o mesmo de ontem. Temos de levantar a cabeça e mostrar aos nossos adeptos que o jogo de ontem não é um jogo à imagem do Sporting e do que podemos e devemos fazer. Não podemos desmoralizar”.

Na opinião do internacional português, o Sporting ainda tem “uma palavra a dizer" nas várias competições em que se encontra.

João Moutinho aproveitou ainda para deixar uma mensagem aos adeptos leoninos: “Deixaremos tudo em campo, lutaremos até ao limite para alcançar o máximo de vitórias nos jogos que ainda nos restam disputar. Ainda queremos dar alegrias aos adeptos e, dadas as circunstâncias, a verdade é que cada jogo será uma final para nós”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.