A ‘sangria’ de elementos da direção do FC Porto continua. Desta feita, chegou a vez de Raul Costa pedir a demissão do seu cargo na estrutura portista.

De acordo com o jornal ‘Record’, o direto jurídico pediu a demissão e deve sair em breve do clube da cidade Invicta.

A saída de Raul Costa é mais uma dentro da direção do FC Porto desde que Antero Henrique abandonou o clube. O administrador da SAD foi o primeiro a abandonar e tem sido seguido por muitos dirigentes.

Raul Costa estava no Estádio do Dragão há pouco tempo. O diretor jurídico entrou para a ‘casa’ em 2008 como estagiário e foi subindo na estrutura. Recentemente, sucedeu a Daniel Pereira como diretor jurídico do clube. De acordo com o jornal português, Raul Costa é próximo de Antero Henrique e amigo pessoal de André Villas-Boas. No FC Porto, chegou a acompanhar Pinto da Costa em reuniões da liga portuguesa.

A demissão do dirigente dos ‘dragões’ já está em marcha e deverá estar concluída num futuro próximo. A direção do FC Porto terá de encontrar um substituto para a posição de diretor jurídico.

O FC Porto tem estado num processo de mudanças. Nos últimos tempos, a estrutura do clube da cidade Invicta tem sofrido grandes alterações na estrutura em prole das saídas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.