"Quem perder pontos nesta fase irá certamente comprometer a possibilidade de chegar a uma competição internacional", advertiu o técnico, na antevisão do jogo com o Belenenses, segunda-feira, no Funchal, para a 21.ª jornada da Liga.

Em conferência de imprensa, o treinador do Nacional recusou a ideia de poder haver facilidades perante o último classificado do campeonato.

"É um adversário que, se for analisado individualmente, tem jogadores de muita qualidade e está muito bem orientado, por um técnico com grande experiência. Embora esteja numa posição delicada, fará um esforço ainda maior no sentido de deixar essa posição", salientou.

Manuel Machado disse adivinhar "um jogo de grande dificuldade", contudo, assumiu que depois de conhecidos os resultados de Vitória de Guimarães e Marítimo "o Nacional terá é de fazer pela vida, tentar ganhar e não perder o contacto com o quinto lugar”

“É o que nos move, é o nosso objectivo”, disse o treinador, alertando para os níveis de concentração da sua equipa. “Independentemente daquilo que os outros fazem, se não ganharmos, se não nos concentrarmos, de nada valerá".

Com três baixas para o jogo com o Belenenses (Halliche, Edgar Costa e Rodrigo Silva estão lesionados), Manuel Machado não pode contar com os dois internacionais das Balcãs - Pecnik e Tomasevic.

"Nunca é bom quando assim é, mas penso que poderemos apresentar um onze capaz de se bater com dignidade dentro do campo e conseguir os três pontos", destacou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.