“O professor Manuel Machado continua internado nos cuidados intensivos e o seu prognóstico é reservado”, declarou à Agência Lusa o director clínico do Serviço de Saúde da Madeira, Miguel Ferreira.

Aquele responsável clínico referiu que “nestes casos a evolução pode levar algum tempo”, pelo que o técnico vai continuar internado e em observação permanente, podendo ficar afastado da actividade profissional durante algumas semanas.

“A recuperação é difícil de prever, mas posso dizer que não é rápida e estes casos têm de ser tratados com tempo”, realçou Miguel Ferreira.

Manuel Machado foi operado a uma hérnia na zona abdominal no início da semana, numa unidade hospitalar do continente, tendo obtido alta e regressado ao Funchal na passada quarta-feira.

Devido aos sintomas de febre que acusou, o treinador não orientou os trabalhos da equipa e sexta-feira foi hospitalizado de urgência, tendo sido então diagnosticada uma infecção na zona operada.

A equipa médica que acompanhou o técnico optou por realizar, no próprio dia, uma nova cirurgia, com o intuito de debelar o problema da infecção. Depois da operação, Manuel Machado ficou internado nos cuidados intensivos do Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde continua em observação permanente.

Face a este problema de saúde, o treinador da formação insular não orientou a sua equipa sábado no jogo com a Naval e não acompanha, quinta-feira, o Nacional na deslocação a Bremen, Alemanha, jogo relativo à quinta jornada do Grupo L da Liga Europa.

O Clube Desportivo Nacional não divulgou até à data qualquer informação oficial sobre o sucedido, alegando tratar-se de um assunto do foro pessoal de Manuel Machado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.