"Independentemente de qualquer derrota, em qualquer campo, na jornada anterior, a melhor resposta que se pode dar é ganhar o jogo seguinte", referiu o técnico.

O Nacional ficou sem dois jogadores que habitualmente ocupam posições laterais, sobretudo na ala direita, Patacas e João Aurélio, expulsos no Estádio da Luz, mas Manuel Machado garante ter as opções acertadas.

"Trabalhámos nos dois blocos tácticos com duas soluções alternativas e por isso um outro jogador irá surgir adaptado à posição para tentar colmatar essas baixas", garantiu.

Relativamente ao adversário, que ganhou com o novo treinador, Manuel Fernandes, o técnico do Nacional referiu que "uma jornada só não dá tempo nem a que o técnico implemente os seus processos nem tão pouco a quem quer avaliar das alterações que eventualmente possam daí resultar".

Face a esta análise, Manuel Machado diz que não espera um Vitória de Setúbal muito diferente daquele que foi observado na última semana.

Questionado acerca da exclusão, uma vez mais, do avançado Amuneke, o treinador esclareceu que, além de ser uma opção técnica, o jogador encontra-se lesionado.

"O Amuneke não tem jogado porque nos momentos em que jogou apresentou rendimentos que por relação com outros jogadores o subtraem às opções iniciais. Infelizmente, neste momento, acumula a questão do rendimento com uma lesão, que é uma tendinite ao nível do joelho. Trabalhou ontem em dificuldades e hoje baixou ao departamento clínico, por isso nem que eu quisesse não haveria hipótese de convocação", afirmou o treinador.

O Nacional - Vitória de Setúbal está marcado para este domingo às 18 horas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.