O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta quinta-feira que não se vai intrometer na questão dos jogos em sinal aberto até ao final da temporada.

Após uma visita ao Oceanário de Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa foi questionado sobre uma carta do presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, a pedir a sua intervenção para que os próximos jogos do campeonato sejam transmitidos em canal aberto, matéria que recusou comentar.

"Eu por acaso não recebi a carta, mas li-a na comunicação social", começou por dizer o chefe de Estado, acrescentando: "Eu não vou pronunciar-me sobre uma matéria que não é da competência do Presidente da República".

"É uma matéria sensível, que envolve uma realidade contratual entre várias instituições. O Presidente nunca fala como cidadão nestas matérias, por isso, uma opinião do ​​​​​​​Presidente seria uma forma de me intrometer numa matéria que não devo", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.